O Paladar das crianças em idade escolar | Por: Ana Carolina Terrazzan, nutricionista materno infantil

 

A formação do paladar infantil está relacionada à exposição precoce aos diversos sabores, como mostram achados recentes. E ainda, estudos relatam que muitos fatores podem contribuir para a obesidade infantil, dentre estes, a diminuição da atividade física, aumento das porções de comida e diminuição do consumo de frutas e hortaliças aparecem como principais.

O que é exposição precoce

A exposição precoce (entenda-se:  desde o consumo materno durante a gestação e lactação, e no momento adequado de introdução da alimentação complementar) à frutas e hortaliças ou a alimentos de alta concentração de gorduras e açúcares são relacionados com a preferência e consumo alimentar infantil.

Ainda antes de iniciar a introdução da alimentação complementar, existe um potencial para introduzir as crianças a uma grande variedade de sabores. Ambos, líquido amniótico e leite materno são fontes de experiências quimiosensoriais indiretas, e a exposição à diferentes sabores nestes períodos pode influenciar as preferencias alimentares ao longo da vida.

Em recentes revisões, há sugestão de que a variedade de sabores, principalmente em períodos de exposição indireta pode ser fator importante para melhores prognósticos dietéticos. Tais evidências corroboram a necessidade e importância de se promover uma alimentação variada e adequada durante a gestação e lactação. E ainda, embasa mais uma das vantagens e importância do aleitamento materno.

Assim, é fundamental explanar para as gestantes e lactantes os motivos pelos quais elas devem seguir uma dieta equilibrada e variada, devendo evitar qualquer tipo de  dieta restritiva, tendo como objetivo manter a saúde materna, mas também, possibilitando uma melhor aceitação alimentar infantil, servindo como prevenção à obesidade e seus fatores de risco.

Influencias do meio

As evidências sugerem ainda que o meio pode ter papel relevante para que a criança se alimente bem. Tornando mães, pais e cuidadores determinantes para a formação do hábito alimentar infantil. Valendo-se do conhecimento de que as crianças aprendem por imitação durante boa parte de sua formação, é razoável pensarmos que em famílias cujo padrão alimentar segue as premissas da alimentação saudável e em  que os pais/ cuidadores / familiares que cercam esta criança sigam dieta rica em frutas, verduras, legumes, cereais e evitem alimentos ricos em açúcares e gorduras, as crianças sejam mais propícias a aceitar alimentação “saudável”.

Logo, a possibilidade de crianças cujas mães mantiveram alimentação variada e equilibrada no período gestacional e de lactação, e cujas famílias têm por hábito alimentação pobre em açúcares e gorduras, aceitarem alimentos mais saudáveis é maior do que aquelas com experiências indiretas e de exemplo familiar são de alimentação de padrão não saudável.

Referências
– Cooke L, Fildes A. The impact of flavour exposure in utero and during milk feeding on food acceptance at weaning and beyond. Appetite 57 (2011) 808–811
– Oostindjer, M; Bolhuis E.; Brand H et al. Prenatal flavor exposure affects growth, health and behavior of newly weaned piglets. Physiology & Behavior 99 (2010) 579–586
– Trout K; Wetzel-Effinger L. Flavor Learning In Utero and Its Implications for Future Obesity and Diabetes. Curr Diab Rep (2012) 12:60–66

 

Texto por: Ana Carolina Terrazzan, Nutricionista Materno Infantil – Consultora em Amamentação, Sócia da Clínica AMA Nutrição e convidada pela colunista Fernanda Signor.

 

Fernanda Signor é nutricionista clínica, formada em 2002 em Santa Maria/RS, pela Universidade Franciscana,. Especialista em nutrição clínica e pós-graduanda em nutrição clínica funcional. Tem capacitação profissional pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS em Endocrinologia e Nefrologia. Atualmente faz sua formação em Nutrição Funcional na Saúde da Mulher. Atende em consultório particular e clínica de nefrologia.

Outras colunas da Fernanda no site:}
## Como a nutrição pode amenizar o cansaço materno
## Os benefícios da nutrição adequada na gestação
## 
Perda de peso durante a amamentação: pode ou não?

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *